Sociedade sem Escolas, ou, Escolas sem sociedade?

Caros,

O Ensino no Brasil é deplorável, triste. Participem de um conselho de classe para vocês verem como as notas são fabricadas, como a maioria dos professores ignoram o fato do aluno não saber ler e escrever. Alguns se fixaram no sistema imposto pelas diretorias, ou seja, você passa o aluno ou justifique sua repetência e o pior, não ganhe o tão sonhado prêmio anual que é liberado aos professores.

Creio que o problema seja estrutural. As escolas são apenas umas válvulas de escape para a maioria dos alunos e uma forma do governo tirar o peso de suas mãos, ou seja, eles criam leis liberais e fascistas para oprimir o povo, e, sabemos que em tudo deve haver um bode expiatório, neste caso - escola pública.

Um dia desses o governador de São Paulo disse que o problema educacional é culpa dos professores. Pergunto: Quem não constrói escolas suficientes para a população? Quem coloca 50 alunos dentro de uma sala de aula, causando um transtorno tremendo nas vidas dessas pessoas, digo, professores e alunos? Quem deixa de gerar empregos para a população? Quem cria formas de assistencialismo para deixar a população dependente? Eu poderia passar um dia todo citando problemas que deturpam a imagem de um professor.

Para finalizar, existe um livro muito bom que discute isso, o nome é: Sociedade sem escolas - Autor: Ivan Illich

"(...) Não apenas a educação, mas também a própria realidade social tornou-se escolarizada...”.

Nenhum comentário: