Nós



Hoje é a data que inicia algumas dezenas de comemorações (2)...


Dois dias quentes e frios que estive deitado ao teu lado, ouvindo canções e, que me faz sentir um cheiro que marcou minha memória olfativa...mesmo nos dias mais tensos de trabalho, sim, aquele cheiro de amor que é seu e nosso!

Quando deitei ao seu lado e iniciei minha - nossa história, longa e distante, porém, verdadeira e intensa!

Das lembranças e lágrimas;

risos e gargalhadas;

dos momentos difíceis –

frágeis - raivosos;

– sempre estivemos perto um do outro.

Lembro das lágrimas que derrubou e não estive lá para secá-las;

Lembro do sorriso de menina marota com desejo ardente, sem privação ou pudor;

– do amor incontrolável,

– do carinho afável;

– do toque macio;

– olhar silencioso;

 – beijo molhado;

– do olhar tarado;

– do silêncio barulhento de nossas respirações;

– do amor insaciável; - com tesão arrebatador.

Você chegou e me fez mudar os olhares, sentir novos sabores, respirar novos ares, sentir de verdade!

Lembro de todos os momentos, sim, com a cabeça de um Historiador que não registra datas, mas 
tem memória olfativa e fotográfica...que sente intensamente quando sente.

Gosto do teu cheiro!

Gosto do teu sabor!

Gosto do teu desejo!

Gosto de ter você!


GOSTO DE TE AMAR!

Quando gestos calam...epifanias do coração


Nos preocupamos muito...

As pessoas são seres estranhos
São como códigos genéticos
- Mutantes e irracionais ao mesmo tempo
Egoístas e pequenas quando for oportuno
Solícitas e amáveis quando necessário!

As vezes sinto meu coração gelar...
São calafrios intensos e preocupantes
Medo de portas que achei estarem abertas, 
- estarem entreabertas;
Confuso com uma entrega, que é um presente
Confuso com palavras de grande impacto...
que podem ser somente palavras

Medo do medo que não deveria existir
Medo da palavra mal falada
Do gesto mal representado
Do sentimento mal expressado
Do amor mal amado!

As lágrimas começaram a cair por dentro
É um choro retesado
Vou engolindo palavras e sentimentos
Engolindo medo e falta de coragem
Só cuide para não lacrar meu sentimeto!