"Minhas mãos existem para o afeto, não para criar calos, para criar armas. Minha inteligência existe para o bem, não para usurpar as pessoas, para criar armas, destruição..."