Reflexão

Todos os dias são dias de sofreguidão, a multidão exalando suas lamurias na supressão dos vagões lotados dos trens, mulheres e homens esquecem-se de "suas vidas” e partem para mais uma anestesia mental em seus vis trabalhos.

Não existe compaixão entre a civilização, mas, o que me preocupa mesmo não é a falta dela, mas a falta de indignação.

Flores para Réquiem

Não existe ninguém mais triste que a própria solidão
Nenhum sorriso disfarça a carência e ausência de amor
Amores não se compram com presentes

Nenhum domingo é feliz sem um olhar carinhoso;
Assim como edredons não aquecem corações -
E agulhas não conseguem costurar pequenos retalhos!

A vida se passa em alguns minutos,
Deixamos as flores na vitrine da loja
Para seguir sozinhos sem coragem de abraçar o mundo!

Um mundo que não tem piedade dos fracos,
Não respeita os não amados
Apedreja os corajosos!

Todo dia é dia de amor!
Todo dia é dia de amar!
Todo dia é dia de flores!
Todo dia é dia de dores!

Que vida é essa que não temos controle?
Que vida é essa que nos exige sentidos, e nos deixa sem eles?
Que vida é essa que cobra razão e destrói emoções?
Que vida é essa que que pede emoções sem nenhuma razão?

Não! Não! Não!
Não há razão sem emoção, muito menos emoção sem razão?
Não há amores solitários, não existem beijos roubados,
Não há desejos sem pecados!!!