Tudo é muito pouco para os que amam todos os dias...

Não basta estar vivo, é preciso sentir a essencia das coisas - sentir o além, transcender tudo aquilo que precisamos e que não nos basta.
É preciso sentir o coração bater, ouvi-lo, sentir de uma forma rudimentar, estar perto...tão perto para não sufocar, tão longe para sentir-se sem ar; tão perto para deixar-se amar.
Não podemos ficar anestesiados aos nossos sentimentos - às dores, aos amores; a falta de carinho, ao excesso de nós mesmos.
Não devemos ser enganados e nos deixarem enganar - nos enganar e continuar enganando. Não devemos viver pela metade!
Tudo é muito pouco para os que amam todos os dias...

Nenhum comentário: